E HOJE EU QUERO COLO! (RC)

Muita gente acha que eu sou autosuficiente, e que por conta disso nao preciso de nada.
Entao este POST e’ para dizer: PRECISO SIM!

E HOJE EU QUERO COLO!

Ou quero ao menos que alguem me pergunte se eu quero beber um copo d’agua, ou se preciso de um cafune’ ou se quero tomar banho de banheira sem me preocupar se alguma crianca vai gritar de repente: Manheeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Para nao ficar tao dificil, pode ser alguem que me mande apenas um email com um beijo (so’ um beijo) ou um msn dizendo: obrigada, amiga! Carencia, e’?

Bem, nao obstante, quero registrar aqui que muita gente (que me conhece de perto ou mesmo so’ de longe) tem vindo me dizer: “Ai que gostoso, Renata! ler seu BLOG e’ como estar junto de ti, te vendo: falando sem parar (mentira, eu paro para escutar tambem! Rsrsrsrsr!), gesticulando, etc! como se estivessemos ali, juntas/juntos, batendo papo!”

Mas e’ isso mesmo. E’ esse o destino que projetei para este BLOG: um bate-papo com meus amigos, daqueles que eu costumava ter quando inventava mil desculpas para dar uma festa, para chamar as amigas para trocar figurinhas, para ouvir e aprender! Para convidar os maridos a vir tambem, para um churrasco la’ em casa ou qualquer outra coisa (nao, nao era Clube da Luluzinha, nao). Parar para ter aqueles papos em que o problema era da amiga, mas quem chorava era eu ao dar minhas “dicas” (nunca era “conselho”, pois, como dizem, se fosse bom, eu tinha que cobrar, nao e’? Nao e’ o que o Povo fala? “Se conselho fosse bom, ninguem dava, cobrava”).

As vezes me sinto assim: como se tudo que eu estivesse fazendo (e e’ bastante coisa, acredite) nao estivesse valendo de nada, pois e’ como se eu nao fizesse “mais do que minha obrigacao”. Mas acontece que eu nao sou obrigada a nada! Faco porque gosto e porque quero. Mas as vezes e’ como “morrer na praia” apos nadar e nadar muitos quilometros (as vezes a favor e as vezes contra a mare’) e quando se chega na “praia” se perde o folego, e morre!

Cruzes! Voce esta’ mal hoje, hein?
Nao, de fato nao estou.
E’ que ontem fiz algumas “reclamações” ao meu marido... e ele me perguntou se eu estava de TPM!

Achei muito simples ele resolver as questoes desse jeito: “ah, ta’... isso e’ TPM! Vai passar”. Maridos, Homens em geral, vos digo”: NAO PASSA! O QUE A GENTE FALA QUANDO ESTA’ (OU NAO) DE TPM NAO PASSA ENQUANTO NAO SE RESOLVE, mesmo que isso signifique “morrer na praia”.

Por causa disso tudo, consegui sem grande esforco (ate’ entao, juro, nao tinha ideia do que seria) escolher o tema do proximo mes, sera’: “EXPLICA, MAS NAO JUSTIFICA”.

Vamos torcer para conseguirmos boas historias!

A proposito, preciso dizer que este BLOG tras (eu sei) tantos e tantos assuntos diversos que algum desavisado pode chegar e nao entender... ou perguntar: “mas afinal, o que e’ isso? A que se destina?” E eu volto a destacar o que ha’ la’ no comecinho dele: aqui e’ feito uma Revista Semanal, onde se encontra assuntos sempre correlatos (ah, isso eu faço questao, senao viraria uma miscelania mesmo) com artigos ou cronicas que escrevo (RC) e materias publicadas por ai (na web, em magazines, emails, jornais, etc) garimpadas com carinho para trazer a tona topicos para saber, conhecer, curtir, apenas rir, e para (por que nao?) servir para aqueles bate-papos gostosos do meio do dia, ou do final da noite, em que nao estarei (ao menos por enquanto) presente em vossos grupos, mas onde estarei presente com minhas letrinhas...

Só mais uma coisinha, aliás, DUAS: quando vocês sentirem falta de acentos ortográficos, cedilhas, etc, é porque escrevi o POST no meu laptop, o Baby Pink, OK? E, não se assustem com a quantidade excessiva de POSTS extras neste mês (porque de um modo geral, postamos aos domingos e as quartas) - mas tivemos fatos urgentes que precisavam ser destacados ´´na hora´´, como o caso da grande confusão que houve na Capital, Bangkok. Ah! mais uma coisinha: decidi explicar nesta quarta as modalidades de atividade fisica que eu comecei a fazer, para complementar o meu POST da semana passada, certo?
(RC)

8 comentários

  1. Amiga, se você não tá mal, tá pelo menos carente mesmo. Então receba mil beijos e emanações de alegria daqui de Porto Alegre. E continue sempre a mil, com muita energia e transmitindo muita alegria. Bjos mil e um grande colinho on line.
    Abraçosssssssss.

    ResponderExcluir
  2. Ai que gostoso! Comecei o dia e já ganhei colinho! Bjs, querida! obrigada!

    ResponderExcluir
  3. Eu tambem quero colo,to precisando!
    To me sentindo exatamente como vc escreveu""nadando,nadando e morrendo na praia",mesmo nao estando de TPM nem tendo marido opinando.Se vc estivesse um pouquinho mais perto,revesariamos nossos colos.
    vamos combinar o seguinte:VC SE IMAGINA NO MEU COLO E EU ME IMAGINO NO SEU E NOS EMBALAMOS.
    bj

    ResponderExcluir
  4. Rê, tem dias que tudo fica muuuito difícil mesmo. Dá vontade de jogar a toalha, né. Mas nada como, ouvir uma bela música,daquelas de cantar alto mesmo(de preferência no banheiro com as portas bem fechadas, por favor)Vai por mim funciona mesmo;ai é só levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima...
    Um super beijo Dany

    ResponderExcluir
  5. Claudia! Adorei a ideia! Já me sinto acalentada! E vc? Bjkas!

    ResponderExcluir
  6. Dany, minha eterna amada amiga, obrigada! Já levantei, já sacudi e já dei a volta por cima! Não há TPM que me segure! Bjs!

    ResponderExcluir
  7. oi Rê, vi seu post e sensibilizei-me. Que difícil deve ser estar longe de tudo e todos! Estava me sentindo assim hoje,carente, sem namorado, sem cachorro, morando sozinha...rs. Mas como vc, coloquei um DVD bem legal e saí cantando. Quando vc vier por aqui, vamos caminhar na praia, DAny, Paula (onde será que anda?)e partilhar as histórias que temos vivido. Beijão! Flá

    ResponderExcluir
  8. Flavinha, viu a Dany ai junto dos Comentários? A paulinho casou e vai ter uma menina (te deixei um comentário no seu novo BLOG!). Obrigada por estar aqui, comigo, conosco! Estou sempre aqui, que precisar de colo ou de ouvido, ou de qualquer outra coisa, OK?
    Bjs!

    ResponderExcluir

"Não permita que tua língua adiante teu pensamento!"
Autor Desconhecido
‎"Fuja do elogio, mas tente merecê-lo"
François Fénelon