14 DE FEVEREIRO - VALENTINE'S DAY, DIA DE SAO VALENTIM? DIA DE GANHAR PRESENTE? (RC)


Quando nos morávamos no Brasil muito pouco se falava em VALENTINE'S DAY. Uns interpretam como DIA DOS NAMORADOS, mas não e' "exatamente" isso. E' um pouco mais... seria o DIA DO AMOR, CARINHO, AMIZADE...? Não necessariamente entre "namorados", mas entre "GENTE QUE SE GOSTA".

Não e' para ser uma CELEBRACAO "CARA". E' para se trocar bilhetinhos e mimos, como chocolatinhos em forma de coracao!

Na Tailândia, por haver muitos ESTRANGEIROS, e pelo fato dos meus filhos estudarem em ESCOLA INTERNACIONAL, conhecemos um pouco mais de perto essa gostosa tradicao, de trocar os bilhetinhos e alguns mimos.

Como (acho) ja' contei aqui, na nossa casa, praticamente abolimos essa historia de ficar DANDO PRESENTES toda vez que e' "institucionalizado" um "dia de dar presentes". A gente da' quando pode, quando precisa, ou quando ACHA "AQUELA COISA" que a outra pessoa tanto queria ou que e' "A CARA DELA"!

Portanto, acreditem, faz tempo que não ganho presente de VALENTIM (acho que nunca ganhei), DE NATAL (juro! não ganhei nenhum!), de ANIVERSÁRIO... etc etc... Ganho, sim, cartoezinhos dos meus filhos e ja' ganhei algo como "VALE SERVIL", onde durante "um dia inteiro" eu posso ficar "refastelada no sofa', pedindo tudooooooo no colinho, pra eles: agua, massagem, cafezinho..."! Hahahahaha!

NESTE NATAL, aqui nos EUA, passamos, depois de muitos anos, sozinhos - so' nos 5. Sempre íamos ao Brasil nesta época, mas dessa vez não deu. Dai, para não ficar aquela "presepada de presentes pra cá e para la'" e para "educar nossos filhos no que acreditamos ser mais sincero para a vida", decidimos fazer AMIGO OCULTO (AMIGO SECRETO) entre nos cinco! Foi muito legal! Demos um dinheirinho para cada criança, e elas mesmas compraram (em segredo) - no Supermercado mesmo - os presentes. 
Minha filha de 10 anos me "tirou" e escolheu uma "colecao de bijuterias"! Mas o que ela ficou mesmo feliz foi por ter encontrado um ANEL LINDO, TIPO BRILHANTE, por 5$ (Cinco Dólares)!

Quando ela ouviu meu marido dizendo pra mim há alguns dias atrás: "puxa amor, não comprei nada pra voce pelo Valentine's Day"... ela foi no ouvido dele cochixar: "Pai, vai la' no Mercado que tem aneis lindos por 5$!".

Não, não ganhei nem de 5$ nem de 500$. Mas sabe do que mais? Não preciso mesmo do tal anel... preciso e' de AMOR, CARINHO, AMIZADE... so' isso... e para isso, não ha' dinheiro que seja suficiente...

FELIZ VALENTINE'S DAY, queridos amigos e leitores.
Fiquem sempre por aqui, combinado?
(RC) 

EM TEMPO:
No G1, bem AQUI O', tem uma reportagem simpática sobre esse DIA DE VALENTIM,  celebrado anualmente em 14 de fevereiro em diversos países.

Existem algumas historias sobre donde veio esta Celebracao... Uma delas, segundo o texto do G1, e pela qual mais me simpatizei, conta que um padre de Roma acabou se tornando o mais conhecido São Valentim. "A história conta que o imperador Claudius 2 baniu os casamentos por acreditar que homens casados se tornavam soldados de má qualidade.
Valentim, porém, defendeu que o casamento era parte do plano de Deus e dava sentido ao mundo. Por isso, ele quebrou a lei e organizou casamentos em segredo.
Quando Claudius descobriu, Valentim foi preso e sentenciado à morte.
Na prisão, ele se apaixonou pela filha de um carcereiro. No dia do cumprimento da sentença, ele enviou uma carta de amor à moça assinando: "do seu Valentim" – o que originou a prática moderna de enviar cartões para a pessoa amada."

***

Um comentário

"Não permita que tua língua adiante teu pensamento!"
Autor Desconhecido
‎"Fuja do elogio, mas tente merecê-lo"
François Fénelon